Falar de dinheiro e finanças com os seus filhos pode ser complicado, mas é extremamente importante. Procure incutir, desde pequenos, a noção do valor do dinheiro, para que um dia mais tarde, os seus filhos tenham as ferramentas adequadas para gerir o seu próprio dinheiro. 

Comece por ensinar aos seus filhos a importância de construir uma base financeira sólida, para que aprendam a gerir o dinheiro de forma responsável. Para o fazer, em vez de ter uma conversa longa e séria, chame os seus filhos quando precisar de pagar uma fatura ou tratar das contas, para que possam aprender de uma forma prática o que custa manter uma família. Conte-lhes sobre a gestão do seu salário e como reparte o dinheiro consoante as necessidades familiares, para que ganhem a noção da realidade do dia a dia.

 

Para além disto, tenha em conta estes três conselhos para salvaguardar o futuro dos seus filhos, no caso de que algum dia já não esteja cá para cuidar deles:

– Crie uma conta poupança para os seus filhos;

– Encarregue alguém de confiança para cuidar dos seus filhos, no caso de já cá não estar;

– Assegure o futuro dos seus filhos, contratando um seguro de vida.

 

Ainda que, de momento, a sua família possa encontrar-se numa situação económica estável, nada nem ninguém pode garantir que os seus filhos, no futuro, terão essa mesma tranquilidade. Alimente neles a consciência de que a vida implica mudanças e, para enfrentar o inesperado, precisamos de estar preparados.

 

Fonte: 

http://www.finanzasparatodos.es/es/economiavida/empezandofamilia/asegurarfuturohijos.html#

 

Publicado: 13-07-2018