Aproxima-se a época balnear, o mar, a praia… e com ela surge uma responsabilidade adicional para os pais – garantir que os mais pequenos não se queimam com o sol.

A proteção necessária depende das características da pele e é importante que as crianças tomem consciência, o mais cedo possível, dos perigos e dos riscos associados à exposição solar.

A utilização de protetor solar durante os primeiros 18 anos de vida diminui em 78% a probabilidade de desenvolver cancro de pele no futuro.”

 

Como devemos ensinar os nossos filhos a adquirir bons hábitos de proteção da luz solar?

 

1. Aplicar protetor solar com filtro físico

Os pediatras recomendam não expor directamente ao sol as crianças com menos de um ano. A partir dessa idade, é aconselhável a aplicação de um protetor solar de filtro físico, que reflete os raios solares (em vez dos protetores de filtro químico, que os absorvem), porque estes fotoprotetores são menos irritantes para a pele e olhos.

É muito importante escolher um produto que proteja dos raios UVA (que provocam o envelhecimento da pele) e UVB (responsáveis pelas queimaduras). Contra os raios UVC não existe protetor solar adequado, mas felizmente estes raios não atingem a superfície terrestre.

Como se deve aplicar? É importante lembrar às crianças que o creme deve  ser aplicado cerca de duas horas antes da exposição ao sol. Para evitar as birras (porque enquanto se aplica o creme não podem brincar), é boa ideia fazer disso um jogo: marcas de índio na cara, superpoderes nos braços e pernas, etc.

 

2. Proteger a cabeça

Um chapéu com a sua personagem de desenhos animados favorita, um chapéu de explorador da selva… O importante é que os mais pequenos saibam que é fundamental proteger a cabeça quando estão ao sol e que queiram, eles próprios, colocar o chapéu.

 

3. Óculos de sol

Os olhos das crianças não estão totalmente desenvolvidos, ao contrário dos olhos dos adultos. O cristalino não é capaz de filtrar facilmente os raios ultravioleta, sendo cerca de 20 vezes mais sensíveis. Mesmo assim, muitas crianças não utilizam óculos de sol.

Em locais de alta exposição solar, como a praia ou zonas de neve, é especialmente importante que a sua visão esteja protegida.

 

4. Cobrir o corpo com roupa

Durante os meses de verão, o ideal é que as crianças não estejam expostas ao sol entre as 11 da manhã e as 4 da tarde. Para aumentar a proteção, recomenda-se utilizar roupa fresca de algodão, para evitar insolações.

 

 

Fontes:

http://www.efesalud.com/noticias/buen-uso-de-la-proteccion-solar-en-ninos-3/

http://www.cuidateplus.com/familia/bebe/2015/06/12/diez-consejos-proteger-piel-bebe-sol-69805.html

Hábitos de fotoprotección en los niños que concurren en Dermatología Pedriática del Centro Hospitalar Pereira Rosell: http://www.scielo.edu.uy/pdf/adp/v87n3/v87n3a03.pdf

 

Publicado: 10-08-2018