Fazer desporto tem inúmeros benefícios que são irrefutáveis, como reduzir o risco da ocorrência de doenças cardiovasculares, prevenir ou reduzir a hipertensão e o colesterol, e prevenir a obesidade e os diabetes do tipo II. Mas quando se fala na terceira idade, é mais complicado saber se é bom ou não fazer desporto, e também quais as modalidades mais indicadas para as idades mais avançadas.

Antes de mais, deve ter em conta que o aquecimento é fundamental em qualquer modalidade e em qualquer idade. Deve ser de cerca de 10 minutos e acompanhado de alongamentos. Pode fazer o aquecimento simplesmente caminhando, subindo e descendo escadas, pedalar com calma, dançar, ou até mesmo realizar atividades que requerem algum movimento, como a jardinagem.

Após o aquecimento, pode avançar para o exercício físico em si, através de qualquer uma das seguintes atividades:

1. Caminhadas. Uma hora por dia é suficiente e andar a pé ajuda a diminuir os riscos de doenças cardiovasculares e melhorar a coordenação motora. Além disso, é uma ótima forma de trocar alguns hábitos por outros mais saudáveis de uma forma gradual e agradável.

2. Natação. Esta é uma atividade com impacto reduzido nas articulações, e permite uma maior amplitude de movimentos. Por isso, está direcionada para os tratamentos como a artrite e a osteoartrite. Também ajuda a diminuir a falta de ar, pois trabalha a circulação sanguínea e a respiração.

3. Corrida. Se se quer aventurar e fazer um pouco mais de esforço, correr 30 minutos ao dia, cinco dias por semana, melhora a respiração e o equilíbrio. Se optar por esta atividade, o aquecimento e os alongamentos são totalmente imprescindíveis para preparar os músculos e para prevenir lesões.

4. Bicicleta. Se gosta de andar de bicicleta, esta atividade é ideal para o equilíbrio e para a parte aeróbica, pois fortalece os músculos das pernas, mais especificamente, os gémeos. Não se esqueça de usar capacete e luvas.

5. Musculação no ginásio. Se prefere o ambiente de ginásio e gastar toda a energia nas máquinas, então aconselhamos realizar exercícios repetitivos e com pouco peso, para não danificar as articulações.

6. Ioga e pilates. Estas duas atividades têm como principais benefícios a flexibilidade e o equilíbrio. Além disso, também procuram a harmonia entre o aspeto físico e mental, e ajudam no alívio das dores, fortalecem os músculos e diminuem o stress.

Todas estas atividades são indicadas para quem quer praticar desporto e manter uma vida saudável. No entanto, aconselhamos falar com o seu médico ou fisioterapeuta antes de começar um plano de exercícios. Além disso, evite ambientes com grandes variações de temperatura e humidade, e use calçado leve e confortável. E sempre que sentir dor ou desconforto, interrompa a atividade.

Fonte: https://rotasaude.lusiadas.pt/desporto-na-terceira-idade/

Publicado: 10-08-2018