A ansiedade pode ser explicada, como sendo uma sensação de nervosismo, que provoca um aumento na frequência cardíaca e pensamentos negativos. Todos nós já a sentimos em algum momento da nossa vida. Mas sabe porque é que sofremos de ansiedade?

Quando sentimos ansiedade, a amígdala é ativada ao sentir que estamos numa situação perigosa, arriscada ou difícil de lidar. Esta reação faz com que nos sintamos bloqueados e leva-nos a sofrer um ataque de ansiedade, caracterizado por sintomas que nos afetam a nível:

·       Físico: tonturas, falta de ar, suor e até claustrofobia.

·       Cognitivo: desorientação, desvio de atenção ou falta de concentração.

·       Comportamental: sensação de insegurança e risco, atitude de alerta e cautela, impulsividade.

·       Social: aversão ou dificuldade em manter uma conversa estável.     

A ansiedade pode ser provocada por várias situações; como um pico de trabalho ou por um trauma passado. Seja por que motivo for, o importante é sabermos identificar as situações que despertam a ansiedade em nós. Uma vez identificadas estas situações, terá que pensar em como lidar com elas. Não tenha medo de pedir ajuda nem vergonha do que sente, o importante é ultrapassar as suas barreiras mentais.

Existem várias formas de lidar com a ansiedade, como beber água, controlar a respiração ou simplesmente ouvir música calma. Cada pessoa tem a sua maneira de relaxar, descubra a sua e use-a sempre que precisar.

Publicado: 11-09-2018