7 benefícios da música

A música tem um papel importante no nosso equilíbrio emocional e ajuda também no tratamento de problemas de saúde. Atua no cérebro a um nível químico e produz sensações positivas [1], por isso desfrutar de momentos musicais deve ser algo frequente na nossa vida. Partilhamos consigo 7 benefícios.

A musicoterapia aplica a música no tratamento de doenças, e sustenta que existem dois tipos de música, relativamente aos seus efeitos: tranquilizante – melódica, com um ritmo regular, cheia de harmonias e previsível; e estimulante – que sobe os níveis de energia e estimula a ação. Vários estudos [1], [2] demonstram que os ritmos lentos provocam sensações de serenidade e calma, enquanto os ritmos rápidos provocam alegria e excitação psicológica.

Quanto aos benefícios da música para a saúde, destacamos estes:

Reduz o stress e a ansiedade – muitos estudos apontam para os efeitos relaxantes da música, inclusive nos recém-nascidos. Uma das principais vantagens é a possibilidade de combinar esta atividade com várias outras tarefas do dia-a-dia, não ocupando tempo precioso.

Reduz a dor – Pode ajudar a reduzir a sensação de dor crónica e de pós-operatório, sendo usada de forma cada vez mais frequente como terapia em hospitais, para reduzir a utilização de medicação.

Ajuda a exercitar – Um dos grandes desafios do exercício físico é a motivação, é um complemento fantástico para ajudar a superar-se, principalmente porque reduz a sensação de fadiga e aumenta os níveis de excitação psicológica.

Melhora a qualidade do sono – Uma forma saudável e simples para combater as insónias é ouvir música relaxante, especialmente clássica – bastam em média 45 minutos antes de ir para a cama para ajudar a passar uma noite descansada.

Melhora a circulação sanguínea – 30 minutos de música relaxante por dia podem ajudar a manter a pressão sanguínea em níveis mais baixos, segundo um estudo da Sociedade Americana de Hipertensão [2].

Alivia os sintomas da depressão – Pode ajudar a levantar a moral e a ultrapassar momentos menos alegres. Se a combinarmos com exercício, temos uma receita ainda mais potente!

Melhora os desempenhos cognitivos – Ouvir música ou tocar um instrumento aumenta as capacidades de aprendizagem (leitura e escrita, lógica espaciotemporal, matemática) e de memória.

Existem muitos outros benefícios e certamente muito poucas (ou nenhumas) desvantagens. Ouça música e sentirá a diferença!

 

[1] Bernardi L, Porta C, Sleight P. Cardiovascular, cerebrovascular, and respiratory changes induced by different types of music in musicians and non-musicians: the importance of silence, 2005

[2] Giles TD. The new definition of hypertension, 2005

Publicado: 10-08-2018