Uma constipação ou uma gripe podem representar um grande inconveniente para o dia-a-dia, mas não são necessariamente razão para deixar de fazer as suas rotinas físicas. De facto, o exercício moderado e regular é uma ótima forma de reforçar o sistema imunitário e pode ajudar a acelerar o processo de recuperação.

Sem a prática regular de uma atividade física, não é possível ter uma saúde próxima do ideal. O exercício ajuda a melhorar a condição física em geral, o que significa também um reforço do sistema imunitário[1], que nos protege das agressões externas.

Naturalmente, devemos sempre “ouvir” e respeitar o que diz o nosso corpo. É importante a moderação no esforço, sobretudo se estivermos doentes e a tomar medicação. No caso de existir alguma condição física preexistente, recomenda-se consultar o médico para avaliar correctamente a possibilidade de fazer exercício enquanto estiver constipado.

No caso de existir febre, o exercício deve ser totalmente evitado, uma vez que o esforço pode sobrecarregar o organismo já debilitado e piorar a situação. Não se esqueça também que o descanso é fundamental quando o sistema imunitário se encontra fragilizado e que a hidratação é ainda mais importante quando as condições de saúde não são ótimas.

De forma resumida, a gripe e as constipações são sintomas de deficiências no sistema imunitário. O organismo não é capaz de repelir os ataques externos, e o que sente é o corpo a combatê-los. Algumas das possíveis razões para isto são: 

Falta de vitamina D – especialmente no inverno, quando a exposição ao sol é menor, ocorrem mais casos.

Excesso de açúcar – especialmente fructose.

Falta de sono e de descanso.

Stresscria desequilíbrios no nosso organismo.

Falta de exercício – um estudo de 2002 concluiu que aqueles que praticam exercício regular sofriam menos 20% a 30% de constipações, o que demonstra mais uma vantagem da atividade física.

Por último, não tome antibióticos para combater uma constipação. Os vírus são resistentes aos antibióticos e desta forma apenas está a enfraquecer o seu sistema imunitário! Se os sintomas piorarem ou se mantiverem durante mais tempo do que o esperado, consulte o seu médico. 

 

[1] University of Iowa. “Resfriados y gripe con el ejercicio”, 2010

Informação adicional:

U.S. Department of Health and Human Services. “2008 Physical Activity Guidelines for Americans”, 2010

 

Publicado: 10-08-2018