Os corantes alimentares são usados há muitos anos para melhorar os alimentos tanto da sua aparência como no seu sabor. Existem diferentes opiniões sobre se devemos ou não consumir estes corantes. Neste artigo desmistificamos o uso dos corantes artificias para que possa decidir se quer continuar a consumi-los ou não.

Os corantes são geralmente usados para decorar alimentos, que não são apetitosos por causa de sua aparência, ou para melhorar o seu sabor demasiado forte ou demasiado fraco. No entanto, as diferentes autoridades de saúde não estão de acordo naquilo que acreditam ser os efeitos destes corantes. Enquanto que algumas entidades acreditam que estes corantes são inofensivos, também há quem ache que podem ser prejudiciais para a saúde. A realidade é que, se não forem utilizados de forma adequada, os corantes alimentares podem causar intoxicação e, até mesmo, provocar algumas doenças.

Para evitar estes efeitos e utilizar os corantes de forma segura, leia sempre os rótulos dos alimentos onde podemos reconhecer os corantes pelos seus nomes: azul 1, azul 2, verde 3, vermelho 40, vermelho 3, amarelo 5 e amarelo 6, ou alguns nomes como tartrazina. É provável que, se vir um alimento mais colorido que o normal ou com uma cor diferente, use um corante artificial, por isso deve prestar atenção.

A forma mais segura de evitar os potenciais efeitos nocivos dos corantes artificias seria optar por alimentos naturais e evitar comida processada. Se está preparado para melhorar o seu estilo de vida entre aqui para saber os 9 hábitos que deve adotar para ser mais saudável.

Publicado: 22-08-2018