Alguma vez pensou em melhorar a cor do seu sorriso? O branqueamento dentário é uma prática bastante comum nos dias que correm.

Este tratamento permite ter dentes mais claros, mas a prioridade deve ser sempre que estejam bem tratados e saudáveis. Esclarecemos algumas das dúvidas mais comuns:

Com que idade se pode realizar este tratamento?

Não existe uma idade específica, desde que seja uma pessoa maior de idade. Isto deve-se à importância de ter a dentadura totalmente formada e desenvolvida.

Quanto duram os resultados do branqueamento?

Depende do estado e condição dos dentes, dos hábitos alimentares e da higiene dental de cada um. No mínimo, este tratamento garante resultados durante um ano, mas com os cuidados devidos, respeitando as indicações do especialista, é possível que dure mais anos.

Que alimentos mancham os meus dentes?

Durante o tratamento e nos dias seguintes, é recomendável evitar o consumo de alimentos como cerejas, mirtilos, molho do tomate ou chocolate negro. Da mesma forma, as bebidas escuras como chá, café ou Coca-Cola podem afetar a cor dos dentes.

Que riscos existem?

Geralmente, este tipo de tratamento é considerado seguro, quando feito sob a supervisão de especialistas. Não se recomenda a sua prática em pessoas com sensibilidade dentária, problemas de gengivas, doenças da boca ou mulheres grávidas (existe o risco de engolir o produto branqueador). De qualquer forma, o médico dentista deverá efetuar uma análise completa antes de recomendar o tratamento.

Quanto demora até ver resultados?

Os resultados começam a notar-se após cerca de duas semanas depois do início do tratamento. 

Existe um limite de tempo entre cada branqueamento?

Não existe um limite concreto. Tratando-se de um cuidado médico, é fundamental que o profissional de saúde defina estes limites.

 

Fontes:

https://www.omd.pt/docs/folhetos/folhetoomdbranqueamentodentario.pdf

http://lifestyle.sapo.pt/moda-e-beleza/corpo-e-estetica/artigos/branqueamento-dentario-sem-duvidas

Publicado: 16-07-2018