Viver com alguém implica sempre uma grande mudança, por isso, antes de dar este passo precisa de saber avaliar se é um bom momento para o fazer e, se sim, quais são os procedimentos recomendados que deve seguir para que tudo corra bem.

A primeira coisa que deve fazer é conversar com a pessoa com quem vai viver, seja um amigo, o seu parceiro, ou até mesmo um desconhecido, sobre as expectativas que cada um tem sobre a futura convivência.  É importante falarem sobre como cada um imagina como será viverem juntos. Desta forma, conseguirá perceber se está realmente pronto para dar este passo com esta determinada pessoa.

Uma vez que já tenha esclarecido a questão das expectativas, é importante criarem um plano de organização da casa. Dividir tarefas é muito importante para uma boa convivência. Arranje um plano com o seu novo companheiro de casa para organizarem como é que vão fazer a gestão da casa.

Outro tema a considerar é o dinheiro, nomeadamente, as despesas da casa. Geralmente, recomenda-se que, se possível, apenas mude de casa se tiver independência económica para suportar os gastos mensais, como a renda e as contas e, ainda, ter o suficiente para qualquer imprevisto que possa surgir.

Por último, deve ter sempre uma mente aberta e tentar ter uma atitude positiva perante o seu companheiro. Por mais que ache que já sabe tudo o que há para saber sobre o seu novo companheiro de casa, ao viverem juntos, perceberá que há muitas coisas que não estaria à espera, incluindo algumas incompatibilidades no que diz respeito às limpezas e gestão da casa. Perante estas situações, opte por falar com o seu companheiro e explicar-lhe com calma as coisas que estão a incomodá-lo, esta é a única forma de manter uma boa convivência e respeito mútuo um pelo outro.

 

Publicado: 07-02-2019