As crianças conseguem entreter-se com a televisão durante horas a fio. Seja através dos filmes infantis, documentários ou programas de talento, é inegável que hoje em dia a “caixa mágica” faz parte da vida dos nossos filhos. Apesar de alguns programas terem um carácter informativo, enquanto pais devemos ter algum controlo sobre aquilo que os nossos filhos vêem e quantas horas estão sentados no sofá para evitar consequências a longo prazo.

Ver demasiada televisão faz mal em qualquer idade, mas nos mais pequenos, por serem mais sensíveis, pode levar a criar comportamentos ansiosos, competitivos e agressivos.

No que diz respeito à criatividade, sabe-se que a televisão pode ter consequências negativas nos mais pequenos, já que ao estimular a maior parte dos seus sentidos, deixa pouco espaço para a imaginação. Enquanto que um livro permite dar asas à nossa imaginação, na televisão os personagens, o ambiente e a história já são detalhados e deixam muito pouco espaço para o desenvolvimento do pensamento criativo.

 

Como podemos proteger os nossos filhos?

Em primeiro lugar, certificando-se de que o conteúdo que eles vêem é apropriado para a idade e não incita à violência ou a comportamento negativo ou perigoso. Também, é muito importante que controle as horas que eles passam em frente à televisão e que proponha atividades diferentes para ocupar o tempo. Procure fazer atividades em família, seja com jogos e brincadeiras, seja nas tarefas do dia a dia, como cozinhar ou arrumar a roupa, com um pouco de imaginação qualquer tarefa pode ser divertida!

 

Fonte: https://psicologiaymente.net/desarrollo/efectos-negativos-television-ninos-ciencia

Publicado: 10-08-2018