A felicidade é um estado de espírito. Ainda que não possamos assegurar a plena felicidade dos nossos maiores tesouros ao longo das suas vidas, podemos certamente ajudá-los a alcançá-la.

Muitos de nós tentamos dar momentos de felicidade aos mais pequenos com viagens, brinquedos ou outros caprichos, apenas para emocionar-nos ao ver os seus sorrisos.Tudo isso pode criar um sentimento de felicidade imediata, ainda que a longo prazo se desvaneça.

 

O que devo então fazer a longo prazo?

1.Invista em educação. dedicar as nossas poupanças à sua educação é investir no seu futuro. Uma educação de qualidade melhorará o seu nível de vida e bem-estar social. Tal como explicava o economista da Universidade de Chicago, James Heckman, se uma sociedade e os seus indivíduos investirem em educação desde idades precoces, fomentarão a escolaridade e reduzirão o risco de delinquência. Além disso, produzir-se-á um aumento do seu nível de vida e rendimentos que permite que façam uma maior contribuição fiscal e, por isso, gerar um maior benefício social.

 

2.Evite preocupações, contrate um seguro vida*. Não se esqueça de proteger os seus filhos em caso de falecimento de ambos progenitores. É importante que ambos tenham seguro para que um problema económico não se torne no principal obstáculo para a felicidade dos nossos entes queridos.

 

3.Transmita valores e princípios. É importante que os nossos filhos sintam que são parte de uma cultura e que sejam capazes de afirmar a sua própria identidade. Devemos ter isso em conta e dar-lhes o melhor exemplo possível, para que se possam desenvolver de um modo que os deixe satisfeitos e preparados para definir a sua própria felicidade.

 

MetLife Europed.a.c. – Sucursal em Portugal

*Não dispensa a consulta da informação pré-contratual e contratual legalmente exigida

 

Fonte: https://es.linkedin.com/pulse/cu%C3%A1l-es-tu-planpara-garantizar-la-felicidad-de-tus-hijos-jamie-mou

Publicado: 16-07-2018