Está claro que trabalhamos melhor quando estamos felizes. No local de trabalho o que torna cada indivíduo feliz é diferente. A felicidade no trabalho é uma coisa difícil de obter, todos a queremos, mas poucos sabem vivê-la. A realidade é que as pessoas mais felizes no trabalho, esforçam-se por isso. Estas pessoas não são necessariamente diferentes do resto, mas têm uma mentalidade diferente.

Se perguntar aos seus amigos quem é feliz no trabalho, é provável que se aperceba que os trabalhadores felizes nem sempre estão nos melhores empregos. Isso não importa porque o trabalho em si tem pouco a ver com a felicidade destas pessoas. Com a mentalidade certa, qualquer um pode encontrar a felicidade no trabalho.

Seja qual for a sua situação atual, também poderá ser mais feliz no trabalho. Aqui estão alguns conselhos a seguir para mudar a sua perspetiva e adotar uma atitude mais positiva!

1. Valorize e mostre gratidão pelo trabalho dos seus colegas

Um exercício fácil: todos os dias, durante 21 dias, anote três coisas novas pelas quais é grato. Segundo Shawn Achor, consultor e pesquisador de felicidade, este exercício faz-nos olhar para o mundo de uma forma mais positiva. De certo modo, esta é uma forma de treinar o cérbero a ser feliz.  Aproveite esta positividade para inspirar os seus colegas e envie um e-mail positivo por dia, elogiando ou agradecendo a alguém. O ato de pensar sobre as qualidades dos outros, ajuda a fortalecer o sentimento de equipa e cria um ambiente de confiança.

2. Seja produtivo

 Se está habituado a fazer listas, conhece a sensação de felicidade ao vê-la cumprida ao fim do dia. Isto chama-se automotivação e pode ser um grande impulsionador de positividade e sucesso. O sentimento de missão cumprida quando realizamos uma tarefa, por menor que seja, faz-nos sentir bem. Aplicar essa tática ao seu trabalho diário pode ser a motivação que precisa para obter satisfação durante o trabalho diário no escritório. A chave está em priorizar. Organize as coisas mais importantes que tem que fazer consoante o tempo que tem.

3. Lembre-se que o trabalho não é tudo

Se passa mais tempo no trabalho do que a maioria das pessoas, o que precisa é ajustar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Muitas vezes deixamo-nos consumir pelo trabalho e mesmo nos tempos livres estamos a olhar para o e-mail ou a dar voltas ao último projeto. Para muitas pessoas a linha que separa o trabalho e a vida pessoal deixa de existir, levando ao desgaste profissional e emocional. A melhor forma para combater este desequilíbrio é estabelecer rotinas e horários, ainda que seja difícil ao princípio, isto vai ajudá-lo a equilibrar a sua vida. Durante as horas de trabalho foque-se no que tem de fazer, mas, assim que sair, deixe bem claro (e incentive a sua equipa a fazer o mesmo) que o dia de trabalho acabou. Esta é a única forma de dar o melhor de si em todas as áreas da sua vida.

 

 

 

 

Publicado: 03-12-2018